Notícias

Ferrovia no Maranhão

fotos capaOs primeiros trilhos e dormentes da ampliação da estrada de ferro Carajás, no maranhão, já foram colocados. A obra da ATERPA – contratada pela mineradora Vale – abrange 52 quilômetros e percorre as cidades de São Luís, Bacabeira e Santa Rita. Mais de mil colaboradores, entre próprios e terceiros atuam no projeto, previsto para ser concluído em 2017.

Até o fim deste ano a equipe está empenhada nos serviços de terraplanagem, drenagem profunda e superficial, pontes e viadutos, sinalização, instrumentação e superestrutura (aplicação de dormentes e trilhos). “Nosso maior desafio é encerrar essa fase antes do período chuvoso e finalizar toda a obra no primeiro semestre do próximo ano”, aponta Márcio Pontes, gerente de Engenharia.

Um dos destaques recentes da obra foi a ponte de 234 metros sobre o Estreito dos Mosquitos. As fundações contaram com estacas escavas de grande complexidade em cirtude da variação de até sete metros da maré. “Outro momento de superação foi o empurramento da treliça metálica de mais de 400 toneladas do vão principal com 72,35m de extensão, que exigiu muita técnica da equipe”, destaca Weber Chaves, gerente de Obras de Arte Especiais.

O contrato, assinado em abril de 2015, tem 65,4% dos serviços concluídos.

VOLTAR